[Poesia inglesa traduzida] Em Campos de Flandres

Em 1915, durante a Primeira Guerra Mundial, o militar canadense John McCrae lutava nas Flandres, no norte da França. Os campos daquela região, espisoteados pelos exércitos e tornados vastos lamaçais durante o inverno, tornaram-se na primavera propícios às papoulas — plantas que se espalham naturalmente, esparzindo pequenas sementes que brotam quando o solo é revirado … Continue lendo [Poesia inglesa traduzida] Em Campos de Flandres

[Discurso histórico] A Guerra Inevitável

"Será que ganharemos força com irresolução e inação? Nossos irmãos já estão no campo de batalha! Por que estamos parados aqui, ociosos?" As forças de Putin invadem a Ucrânia, e países que há três décadas prometeram defendê-la hesitam. Certo, ninguém — além de um tirano enlouquecido — quer aumentar o risco de uma guerra nuclear. … Continue lendo [Discurso histórico] A Guerra Inevitável

[Poesia inglesa traduzida] Um poema de A. E. Housman

Recentemente, traduzi este curto poema recitado por Meryl Streep numa cena do filme Entre Dois Amores. Seu autor foi o acadêmico e poeta inglês Alfred Edward Housman (1859 - 1936). Na tradução para o português não foi possível manter o número original de seis sílabas em cada verso. Porque as palavras portuguesas tendem a ser … Continue lendo [Poesia inglesa traduzida] Um poema de A. E. Housman

[Poesia inglesa traduzida] “Nalgum Lugar” de Christina Rossetti

Eis minha tradução de um poema da famosa poetisa inglesa Christina Rossetti (1830 - 1894). Ela foi uma autora prolífica, tendo escrito centenas de poemas sobre temas românticos e religiosos, bem como alguns contos e artigos. O pai de Christina era italiano, daí seu sobrenome. Ao traduzir este poema, minha prioridade foi manter o número … Continue lendo [Poesia inglesa traduzida] “Nalgum Lugar” de Christina Rossetti