[Conto da Letônia] A Estrela de Natal

Para quem está procurando leituras de Natal, eis uma bela história natalina tradicional da Letônia. Se gostarem dela, sugiro que confiram também duas outras histórias de Natal da Europa, que compartilhei no ano passado — um conto natalino da Finlândia, e outro da Dinamarca. Bor e sua mulher Hania tinham em sua casa Piska, um … Continue lendo [Conto da Letônia] A Estrela de Natal

[Conto da Páscoa] “O Pintarroxo” de Selma Lagerlöf

No tempo em que Nosso Senhor criou não só o céu e a terra, mas também todos os animais e plantas, deu a todos ao mesmo tempo um nome. Poder-se-iam contar muitas histórias daquela época, e, se fossem conhecidas de todos, muitas coisas que não podemos compreender tornar-se-iam claras. Sucedeu nesse dia que, estando Nosso … Continue lendo [Conto da Páscoa] “O Pintarroxo” de Selma Lagerlöf

[Conto da Europa] O combate com o dragão

Esta semana, melhoramos o nosso português lendo uma história sobre o heroísmo e a verdadeira humildade — com um português excelente. No final está a lista de novas palavras e expressões, para enriquecermos o nosso vocabulário. Enquanto o nobre moço passava a cavalo pelas ruas de Rodes milhares de vozes cantavam em sua honra, pois … Continue lendo [Conto da Europa] O combate com o dragão

[Fábula de Esopo] O javali e a raposa

E vemos como o português da Enciclopédia Universal da Fábula é fantástico quando percebemos que até em uma mini-fábula de dois parágrafos podemos aprender novas palavras e modos de dizer. Um javali, aos pés de uma árvore, afiava cuidadosamente as presas. Perguntou-lhe uma raposa porque fazia aquilo, uma vez que não havia caçadores nem perigos … Continue lendo [Fábula de Esopo] O javali e a raposa

[Fábula de Esopo] Os navegantes

Mais uma fábula da Grécia que nos traz uma reflexão interessante e novas palavras para ampliar nosso vocabulário. Vários indivíduos, embarcando em um navio, começaram a sulcar as águas. Em alto mar, desencadeou-se violenta tempestade que ameaçou afundar o barco. Um dos navegantes, rasgando as vestes, começou a invocar os deuses, gemendo e chorando, e … Continue lendo [Fábula de Esopo] Os navegantes