[Poesia inglesa traduzida] Um poema de Tolkien

Este poema-canção se encontra no primeiro livro d'O Senhor dos Aneis, de J. R. R. Tolkien. É composto e cantado pelo hobbit Bilbo Bolseiro, quando ele e Frodo se reencontram na residência de Elrond em Valfenda. Ao traduzir, não consegui manter as rimas, mas mantive o mesmo ritmo do original. Este é um ritmo de … Continue lendo [Poesia inglesa traduzida] Um poema de Tolkien

[Poesia inglesa traduzida] Um poema de A. E. Housman

Recentemente, traduzi este curto poema recitado por Meryl Streep numa cena do filme Entre Dois Amores. Seu autor foi o acadêmico e poeta inglês Alfred Edward Housman (1859 - 1936). Na tradução para o português não foi possível manter o número original de seis sílabas em cada verso. Porque as palavras portuguesas tendem a ser … Continue lendo [Poesia inglesa traduzida] Um poema de A. E. Housman

[Poesia inglesa traduzida] “Nalgum Lugar” de Christina Rossetti

Eis minha tradução de um poema da famosa poetisa inglesa Christina Rossetti (1830 - 1894). Ela foi uma autora prolífica, tendo escrito centenas de poemas sobre temas românticos e religiosos, bem como alguns contos e artigos. O pai de Christina era italiano, daí seu sobrenome. Ao traduzir este poema, minha prioridade foi manter o número … Continue lendo [Poesia inglesa traduzida] “Nalgum Lugar” de Christina Rossetti

[Dicas de escrita] Finais que impactam (II)

Este extrato de Caxias, de Affonso de Carvalho, é o final não do livro, mas de um longo capítulo sobre o casamento do Duque de Caxias. Nele, o autor combina com maestria o uso de metáforas (“sangrando de dor”, “rende-se o coração que ama”), citações literárias, e citações de escritos ou frases do próprio Caxias, … Continue lendo [Dicas de escrita] Finais que impactam (II)